Home      |      Mais Rankings      |      Sistema de Pontuação      |      Competições      |      Contato

 

 

 

 

  Elaborado a partir de pesquisas, análises, cálculos e considerações matemáticas, o RCB atribui pontuações condizentes com a importância dos principais torneios oficiais conquistados pelos clubes brasileiros. Para saber detalhes sobre como funciona o sistema de pontuação, clique aqui.

 

    Veja abaixo as competições (todas oficiais) consideradas no RCB e suas respectivas pontuações. Não deixe também de conferir as páginas especiais do RCB com os dados gerais e a história dos principais torneios mundiais, continentais e nacionais, que explicam os casos "polêmicos" de algumas competições.
 

Principais Competições Mundiais - 90 pontos

Torneio Internacional de Clubes (1951);
Copa Rio (1952);
Copa Intercontinental (1960-1979);
Copa Européia/Sul-Americana (1980-2004);
Campeonato Mundial de Clubes (2005);
Copa do Mundo de Clubes (desde 2006);

Outras Competições Mundiais - 45 pontos

Supercopa Intercontinental (1968);
Campeonato Mundial de Clubes (2000)*;
*Na época, a Copa Européia/Sul-Americana era a principal competição de âmbito mundial.

Principais Competições Continentais - 60 pontos

Campeonato Sul-Americano de Campeões (1948);
Copa dos Campeões da América (1960-1964);
Copa Libertadores da América (desde 1965);

Outras Competições Continentais

Supercopa Libertadores (1988-1997) - 30 pontos;
Copa Mercosul (1998-2001) - 30 pontos;
Copa Sul-Americana (desde 2002) - 30 pontos;
Copa Conmebol (1992-1999) - 20 pontos;
Copa Ouro - 15 pontos;
Copa Master da Supercopa - 15 pontos;
Copa Master da Conmebol - 10 pontos;
Recopa Sul-Americana - 5 pontos;

Principais Competições Nacionais - 50 pontos

Taça Brasil (1959-1967);
Torneio Roberto Gomes Pedrosa (1968-1970);
Campeonato Nacional de Clubes (1971-1974);
Copa Brasil (1975-1979, 1984 e 1986-1988);
Taça de Ouro (1980-1983 e 1985);
Copa João Havelange (2000);
Campeonato Brasileiro (1989-1999 e desde 2001);

Outras Competições Nacionais

Copa do Brasil (desde 1989) - 25 pontos;
Copa dos Campeões* (2000-2002) - 25 pontos;
Copa União (1987**) - 25 pontos;
Taça Brasil (1968***) - 25 pontos;

Torneio Roberto Gomes Pedrosa (1967***) - 25 pontos;
Copa dos Campeões da Copa Brasil**** (1978) - 25 pontos;
Torneio dos Campeões do Brasil***** (1982) - 25 pontos;
Supercopa do Brasil - 4 pontos;
* Criada exatamente com o mesmo objetivo da Copa do Brasil: Indicar o campeão a participar da Taça Libertadores do ano seguinte.
** Poderia ter sido um dos módulos do campeonato nacional oficial da época, mas seus organizadores (Clube dos 13) o tornaram, na prática, um torneio paralelo.
*** Até 1967, a Taça Brasil era a principal competição nacional. A partir de 1968, houve uma troca de valores com o chamado “Robertão”.
**** Torneio oficial - organizado pela CBD - disputado pelos campeões do Campeonato Brasileiro a partir de 1971 (cujo nome na época era Copa Brasil).
***** Competição oficial - organizada pela CBF - que reuniu os clubes que já haviam participado de alguma final de competição nacional ou do Torneio Rio-São Paulo.

Principais Competições Regionais

Torneio Rio-São Paulo - 15 pontos;
Taça Ioduran* - 15 pontos;
Torneio Interestadual de Clubes (1920)** - 15 pontos;
Copa Sul-Minas - 9 pontos;
Campeonato Sul-Brasileiro - 8 pontos;
Copa Sul - 8 pontos;
Copa Cidade de Natal - 5 pontos;
Copa/Torneio/Campeonato do Nordeste - 6 pontos;
Torneio José Américo de Almeida Filho (1976)*** - 6 pontos;
Copa/Taça/Torneio Norte-Nordeste - 6 pontos;
Copa dos Campeões do Norte/Nordeste - 6 pontos;
Copa Centro-Oeste - 3 pontos;
Copa Norte - 3 pontos;
Copa Verde - 3 pontos;

* Competição oficial organizada em conjunto pelas ligas carioca e paulista. Outras taças e disputas semelhantes ocorreram em anos anteriores e posteriores, mas não há informações precisas quanto à oficialidade das mesmas.
** Competição oficial organizada pela CBD.
*** Competição regional do Nordeste reconhecida pela CBF.

Principais Competições Estaduais

Campeonato Carioca - 10 pontos;
Campeonato Paulista* - 10 pontos;
Supercampeonato Paulista - 10 pontos;
Campeonato Gaúcho - 6 pontos;
Campeonato Mineiro* - 6 pontos;
Supercampeonato Mineiro - 6 pontos;
Campeonato Baiano - 4 pontos;
Campeonato Pernambucano - 4 pontos;
Campeonato Paranaense* - 4 pontos;
Supercampeonato Paranaense - 4 pontos;
Campeonato Catarinense - 2 pontos;
Campeonato Cearense - 2 pontos;
Campeonato Goiano - 2 pontos;
Campeonato Paraense - 2 pontos;
Demais Estados - 1 ponto;
*
Os Campeonatos Paulista, Mineiro e Paranense de 2002 valem 5, 3 e 2 pontos, respectivamente, pois exclusivamente nesse ano foram realizados os Supercampeonatos nesses Estados, que definiram os legítimos campeões estaduais.
Observação: Por conta dos mais diversos motivos, alguns Estados (Rio de Janeiro e São Paulo) tiveram mais de uma liga de futebol disputada durante algumas temporadas. Analisamos caso a caso (ano a ano) e consideramos como principais apenas os títulos dos campeões das ligas principais (de cada temporada). Portanto, o número de títulos principais que consta nos currículos de alguns clubes pode ser diferente do que consta na ficha dos mesmos no RCB, pois as competições paralelas - que também são consideradas oficiais pelas respectivas federações - são listadas no RCB em "Outros Títulos".

Outras Competições Estaduais

Campeonato Carioca (paralelo) - 5 pontos;
Campeonato Paulista (paralelo) - 5 pontos;
Campeonato Especial do Rio de Janeiro - 5 pontos;
Copa dos Campeões Mineiros - 3 pontos;
 
 

 

 
 

    Quer saber como o RCB chegou a estes valores de competições? Clique aqui e confira como funciona nosso sistema de pontuação, fundamentado em pesquisas, análises, cálculos e considerações matemáticas.

 

 

 

 

Home   |   Mais Rankings   |   Sistema de Pontuação   |   Competições   |   Contato

Quem Somos   |   História do Futebol   |   Política de Privacidade   |   Parceiros   |   Anuncie

 

Ranking de Clubes Brasileiros - Todos os direitos reservados

BRZK - Agência Brazuka